Topo
E-mail redacao@noca.com.br
Faça do NOCA sua home Página inicial
Data Quarta-feira, 17 de janeiro de 2018
Anuncie Anuncie
       
Topo
Mural
gostaria de mandar um abraço para minha irmã Ana Lucia, que mora no bairro castelo branco....
Maria Reis Sousa, Salvador - BA
BOM DIA LEA.Quero ouvir a musica TU LEVASTE MINHA VIDA com o Cantor TONY CARREIRO. Abraços FLAV...
FLAVIO VILANOVA O ADVOGADO, BRASILIA - DF
+ mais mensagens
 
Faça sua Busca!

Notícias Colunas
Cartas
Já sabe o que fazer com seu décimo terceiro?
21/11/2017 13:32h

Final do ano chegando, com ele o tão aguardado décimo terceiro salário. Lembrando que, para quem trabalha de carteira assinada, por lei, as empresas têm até o dia 30 de novembro para pagar a primeira parcela e até o dia 20 de dezembro para pagar a segunda.

O momento não poderia ser melhor para a chegada desse dinheiro extra. Já sabem o que fazer com ele? Opções não faltam, infelizmente, não se pode fazer tudo o que queremos.

Elenquei algumas dicas, em ordem de prioridade para ajudar você a usar seu décimo da melhor forma possível.

DICA 01: DÍVIDAS

Se as suas contas estiverem fora do controle, priorize o pagamento delas, principalmente se você estiver pagando altos juros das contas em atraso. Use seu décimo para liquidar ou amenizar suas contas em atraso.

DICA 02: RESERVA DE EMERGÊNCIA

Não possui contas em atraso, muito bem! Que tal começar a montar sua Reserva de Emergência? O ideal seria reservar uma parte de seu salário todo para reserva de emergência, para ser usado em casos de urgência e emergência sem precisar recorrer a empréstimos de juros altíssimos e cheques especiais. Se ainda não tem uma, use seu décimo para começar a montar sua reserva de emergência.

DICA 03: COMPRAS DE FIM DE ANO

Não está endividado e já possui uma reserva de emergência, essa dica é ideal para você, use seu décimo para as compras de fim de ano a vista de presentes e gastos com as festas. Cuidado para não sair comprando por impulso e extrapolar. Sugiro que faça uma lista dos presenteados, e estipule uma meta de valores dos presentes e vamos as compras...

DICA 04: DESPESAS DE INÍCIO DE ANO

Todo ano a mesma coisa, janeiro já chega com tudo, várias despesas que devemos pagar, como IPVA, IPTU, matrícula, material escolar, entre outras. Por não se prepararem para esses gastos, já começamos o ano apertados. Uma boa dica é reservar uma parte do décimo para essas despesas nada inesperadas de início de ano.

DICA 05: SONHOS

Se você já está preparado para todas as suas obrigações financeiras e ainda tiver uma parte do décimo terceiro disponível, utilize-a para chegar mais perto dos seus sonhos.

Preparados para chegar 2018 com sua vida financeira organizada? Com o planejamento preparado, persistência e disciplina, é possível viver com menos do que ganha sem deixar de se divertir!

Kelly Cavalcante
Contadora e Consultora Financeira
E-mail: kellyjhow@hotmail.com

Você tem o hábito de poupar?
19/09/2017 09:20h

"Esse mês eu vou guardar dinheiro". Quem nunca prometeu isso a si mesmo, e, quando chegou no final do mês, percebeu que não tinha mais nada na conta? Provavelmente você culpa a crise, ela até pode ter contribuído para sua situação financeira atual, contudo, se tivesse um pouco de empenho da sua parte (ai doeu), daria para reservar uma quantia, mesmo que pequena por mês.

Conversando com parentes e amigos, percebi que a maioria não possuem o hábito de guardar dinheiro, sequer pensaram na hipótese de criar uma reserva de emergência (desconhece até o que seja "reserva de emergência"), e uma pequena parte confessa que guarda o que sobra, quando perguntei aonde, descobri que apenas deixa na mesma conta corrente em que cai o salário, francamente, então não guarda, vai gastar na primeira oportunidade.

Sabemos que a crise está em alta, mas a falta de cultura em poupar também influi para sua crise financeira.

O ideal seria, se as pessoas encarassem o hábito de poupar como uma despesa fixa e o reservasse assim que o salário cair na conta, comece com uma pequena quantia e vai aumentando gradativamente dentro de suas possibilidades, é claro, o importante é criar o hábito de poupar, formando assim, uma reserva de emergência, como o nome já diz ao aparecer um imprevisto, uma emergência, você não vai ficar aperreado tendo que entrar no cheque especial ou em empréstimos de juros altíssimos.

Mas, atenção, se você está endividado, procure primeiro liquidar as dívidas, sem criar outra, de forma organizada, planejada e com paciência, é possível sair do status de endividado para poupador (que massa).

Você quer enriquecer?? Claro né Kelly, que pergunta, todos querem..... então, vou te contar um segredinho: você não vai enriquecer com o dinheiro que ganha, mas com o dinheiro que "você guarda". Que tal começar guardando um pouquinho todo mês?? Não precisa ser muito, basta ser de forma regular.

Kelly Cavalcante
Contadora e Consultora Financeira
E-mail: kellyjhow@hotmail.com

Comportamentos e atitudes que nos levam ao endividamento
31/07/2017 07:32h

O endividamento hoje é a maior fonte de estresse financeiro no Brasil, na frente inclusive do medo do desemprego, que historicamente é o fator financeiro que tira o sono dos brasileiros. Nossos comportamentos e nossas atitudes podem desencadear grandes problemas financeiros.

Listei alguns de nossos comportamentos e atitudes que podem nos levar ao endividamento:

O Desequilíbrio Financeiro é manifestado pelas dívidas por meio dos instrumentos de créditos, vale ressaltar que, esses instrumentos como cartão de crédito, cheque especial, crédito ao consumidor e outros tipos de financiamentos, não são os verdadeiros culpados pelo endividamento e desequilíbrio financeiros, são apenas meios que estão sendo utilizados, muitas vezes, de maneira errada. Francamente falando: ou está se gastando demais ou ganhando de menos (ou as duas coisas).

O Imediatismo também é um dos comportamentos responsáveis pelos problemas financeiros, a pessoa quer comprar algo agora e não pode esperar nenhum dia a mais. Essas pessoas não se planejam e não pensam a longo prazo, acabam gastando demais, comprando coisas sem ter como pagar, se endividando cada vez mais.

A Apatia faz a pessoa colocar tudo no débito automático e não olha a fatura para não se irritar, evitando assim, olhar o extrato bancário a fim de não ver o estrago. As pessoas apáticas costumam deixar ao deus-dará, sem saber se tem dinheiro sobrando ou faltando, e simplesmente vão levando a vida.

O Excesso de Confiança nos leva a fazer compras financiadas sem condições de pagar, confiando que dará aquele "jeitinho brasileiro" para pagar, nos levando ao endividamento na certa. Uma pessoa excessivamente confiante acredita fielmente em sua memória e na capacidade de organizar suas finanças sem anotar e sem planejamento, o que resulta num profundo estado de desorganização financeira e pessoal.

A Pressão Social nos leva a comprar coisas para nos sentirmos membros da sociedade, afeta gente de todas as idades, gêneros e classes sociais, entretanto, nos mais jovens seus efeitos são mais visíveis. Se não tem um tênis da moda, um smartphone de última geração, é considerado um perdedor em seu grupo social.

Com planejamento e disciplina, podemos facilmente driblar todos esses comportamentos, nos levando à estabilidade financeira. A organização das finanças pessoais representa um ponto fundamental na vida de todos nós. Um profissional poderá lhe nortear no início de seu planejamento financeiro, criando planilhas fáceis de manusear, implementando no seu dia-a-dia o hábito de se planejar e se disciplinar quanto as suas finanças.

Kelly Cavalcante
Contadora e Consultora Financeira
E-mail: kellyjhow@hotmail.com

A importância de um planejamento financeiro
12/07/2017 10:02h

Você já teve aquela sensação que o seu salário simplesmente desapareceu, mas você não sabe como? Pois é, as pessoas geralmente sabem o quanto ganham, mas não sabem o quanto gastam. E muito menos aonde gastam.

Para mudar esta situação é necessário fazer um bom planejamento financeiro.

O planejamento financeiro não consiste somente em economizar, cortar gastos, poupar e acumular dinheiro. É muito mais que isso. É buscar uma melhor qualidade de vida tanto hoje quanto no futuro, proporcionando a segurança material necessária para aproveitar os prazeres da vida e ao mesmo tempo obter uma garantia para eventuais imprevistos.

Parece fácil, mas não é.

Grande parte dos problemas financeiros seriam resolvidos facilmente se passássemos a viver conforme nossas possibilidades, no entanto, a maioria das pessoas extrapolam seus limites financeiros, e pior, muitos não tem essa noção.

O endividamento das pessoas físicas cresce gradativamente devido à popularização de instrumentos financeiros como o cartão de credito e o cheque especial.

Problemas financeiros tem afetado a saúde das pessoas: ansiedade, distúrbios do sono, irritabilidade e falta de concentração são uma das principais consequências da falta de planejamento e organização financeira, além do estresse, de provocar crises em relacionamentos e causar desmotivação no trabalho.

Mas calma, nem tudo está perdido!

Se você se identificou acima, ainda tem tempo de você sair do vermelho, planejar e organizar sua vida financeira, obtendo uma melhor qualidade de vida no presente sem esquecer do futuro.

Por isso a importância da orientação de um consultor financeiro. Um profissional que pode ajudar você, fazendo uma análise minuciosa de sua situação, mostrando os caminhos a seguir, traçando estratégias reais com planilhas fáceis e simples de manusear personalizadas de acordo com sua personalidade e necessidades.

Kelly Cavalcante
Contadora e Consultora Financeira
E-mail: kellyjhow@hotmail.com

Leitora faz homenagem pelo aniversário de namorado
05/05/2012 11:32h

"Leonardo,

A 5 anos atrás eu tinha a certeza que você era o melhor amigo do mundo, a 1 ano atrás eu tinha a certeza que você era o namorado perfeito e hoje tenho a certeza que você é o marido mais maravilhoso que Deus poderia ter mi dado, e é por isso que no seu aniversário lhe desejo muitas bênçãos e que Deus possa realizar todos os teus sonhos.

Quero que você saiba que valeu a pena conhecer você e ter deixado o destino nos fazer reencontrar. Que esse seja apenas mais um de tantos aniversários que possamos passar juntos!

Na realidade eu quem fui presenteada em ser sua mulher; sua companheira;
sua namorada; sua amante.

Parabéns pelo seu aniversário, meu amor.

Suzy."

 1 2 3 4
* As informações, notícias e opiniões expressadas nas cartas são de inteira responsabilidade do signatário.
Rádio Online
TV Online

Tv Ofértas Seu canal de compras (play Boy)
Publicidade
Resolução Mínima de 800x600 © Copyright 2007, Noca.com.br
Desenvolvido por Mundi Brasil