PUBLICIDADE


Últimas postagens

Lançamento do livro "Por Ruas e Becos de Caxias" é adiado


Continuar lendo
Data:02/04/2020 11:01

A Peste de 1903 nos jornais

Na semana passada tratei da peste bubônica que causou pânico em todo o estado do Maranhão. São Luís onde começou o surto epidêmico, viu suas ruas se esvaziarem com a população fugindo para o interior. Já as cidades ribeirinha que recebiam essas pessoas e as mercadorias vindas da capital pelo Rio Itapecuru, temiam que a doença chegassem junto dessas pessoas e passaram a tomar medidas de prevenção, como uma...
Continuar lendo
Data:27/03/2020 09:45

A Peste de 1903 no Maranhão

No início deste ano o mundo se deparou com o COVID-19, uma nova espécie de Coronavírus que se alastrou de forma fulminante pelo mundo, causando ações extremas dos governos para conter o contágio. Nessa semana o Brasil passou a adotar medidas preventivas, suspendendo eventos e incentivando as pessoas a ficarem em casa. No Maranhão, mesmo sem casos confirmados da doença, o Governo decretou uma série de medidas como a suspensão...
Continuar lendo
Data:20/03/2020 09:13

Justo Jansen Ferreira, um caxiense

1864 é um ano de grande impacto para nossa Caxias. No final daquele ano, em 03 de novembro, falecia de forma trágica o nosso poeta Gonçalves Dias no litoral maranhense. O ‘príncipe dos prosadores brasileiros’, nosso Coelho Neto, nascera naquele ano em 21 de fevereiro em uma casa modesta, já demolida, na antiga Rua da Palma, que hoje leva o seu nome. Mas outro caxiense, que merece estar no mesmo patamar de tantos imortais de nosso panteon,...
Continuar lendo
Data:13/03/2020 09:14

Mulheres de Caxias

Da esquerda para direita: Lourdes Braga, Magnólia Pinto, Tereza Barros Torres e Samara Almada. Neste dia 08 de março comemora-se o Dia Internacional da Mulher. Parafraseando a música de Chico Buarque de Holanda: “Mirem-se no exemplo, daquelas mulheres de Caxias”. Mas diferente das mulheres submissas da Atenas citada nas letras, elas não ‘se banhavam ao leite’ esperando o marido, nem se ajoelhavam ao serem instigadas. As mulheres de...
Continuar lendo
Data:07/03/2020 07:18

Aarão Reis agradece ao povo caxiense

O engenheiro Aarão Leal de Carvalho Reis, embora nascido em Belém no ano de 1853, era de família tradicional maranhense. O seu pai Fábio Alexandrino de Carvalho Reis era natural do município de Cantanhede, mas devido a sua profissão de inspetor da alfandega, fora transferido para a capital paraense. Ana Rosa Leal de Carvalho Reis, mãe de Aarão Reis, era filha de Alexandre Henriques Leal, portanto, irmã dos intelectuais Pedro Nunes...
Continuar lendo
Data:28/02/2020 09:55

História dos nossos carnavais

O carnaval é uma data consagrada em nosso calendário e que muitos consideram como a mais representativa da cultura brasileira – mesmo o carnaval não sendo invenção tupiniquim. Mas se hoje o evento é vendido pela indústria do marketing como uma grande ‘balada’, nem sempre foi assim. O carnaval no Maranhão, como nas demais regiões do Brasil, era um período de alegria em que todas as camadas sociais a...
Continuar lendo
Data:20/02/2020 22:26

Uma fotografia e muitas histórias

Tirar uma foto hoje é tão banal que as pessoas registram até o alimento que está prestes a ingerir para logo em seguida, jogar nas redes sociais. Momentos de diversão, no trabalho, viagens ou objetos pessoais expostos para que todos vejam sua vida na internet. Parece que as fotos hoje em dia são para os outros verem e não para guardarmos como um momento especial. No meu tempo de garoto, só adultos tinham maquina fotográfica, pois...
Continuar lendo
Data:13/02/2020 13:26

Caxias antiga: O Correios

Agencia do Correios na parte debaixo do sobrado colonial A travessa Desembargador Morato, localizada bem no centro de Caxias, é cheia de histórias de nossa cidade. Talvez, quem ali trafega por aquela via nem se dê conta disso. Essa correria diária nos tira essa parte da cidade de observar seus cantos com mais detalhes e curiosidades. Aquela travessa no século XIX era conhecida como Beco da Cadeia, devido ao prédio da Câmara e Cadeia que ficava...
Continuar lendo
Data:07/02/2020 19:52

O que sobra de Caxias

O texto abaixo é um artigo publicano no jornal O Pioneiro, ed. Nº 744 de 20 de setembro de 1989. Seu autor, Lisboa de Morais, fazia uma análise real da situação do acervo histórico de Caxias, logo naquele ano em que técnicos do patrimônio estadual estavam na cidade para a análise que tombou o centro no ano seguinte. Pelo visto, apagar a memória da própria não é mero acaso. É um projeto de...
Continuar lendo
Data:30/01/2020 18:15


< Anterior Próxima >
Página 1 de 6

PUBLICIDADE

Responsive image
© Copyright 2007-2019 Noca -
O portal da credibilidade
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pelo Google:
A Política de Privacidade e Termos de serviço são aplicados.
Criado por: Desenvolvido por:
Criado por: Desenvolvido por: