Topo
E-mail redacao@noca.com.br
Faça do NOCA sua home Página inicial
Data Segunda-feira, 22 de dezembro de 2014
Anuncie Anuncie
       
Topo
Mural
Estou longe a tempos, mas não consigo me libertar de ti minha CAXIAS, não existe um só...
Valdecir S Martins, Cabreuva - SP
minha terra tem palmeiras onde canta o sabiar. estou contandos os dias de voltar para minha terra qu...
antonio feitosa neto ( caxias-ma), aguas lindas - GO
+ mais mensagens
 
Faça sua Busca!

Notícias Colunas
Greve

Banco do Brasil, Caixa Econômica e Basa continuam em greve em Caxias

Aumentar Fonte   Diminuir Fonte
 
29/09/2009 09:14h

A greve dos bancários continua em todo o Maranhão. Desde o dia 24, os bancários paralisaram suas atividades. Em Caxias, o Banco do Brasil, Caixa Econômica e Banco da Amazônia aderiram o movimento grevista. Nestes bancos públicos somente o auto-atendimento está normalizado, todas as outras formas de atendimento ao público foram canceladas.

A classe reivindica aumento real de salário, PLR maior, valorização dos pisos, uma política de preservação dos empregos e mais contratações, melhores condições de saúde, segurança e trabalho, combate às metas abusivas e ao assédio moral, auxílio-educação e plano de previdência complementar para todos.

Para o diretor do Sindicato dos Bancários de Caxias, Sr. Cordeiro, estas reinvidicações são antigas. "Na greve de 2008, os bancários tinham as mesmas reivindicações. Infelizmente, a maioria delas não foram cumpridas e tivemos que retomar a greve. Nós lutamos por uma condição digna de trabalho e valorização dos nossos serviços", disse.

Segundo o Sr. Cordeiro, os bancários reivindicam ainda o respeito à lei de espera das filas, que determina que consumidores permaneçam somente 30 minutos na fila, o que não acontece em nenhuma agência bancária do município.

As negociações não avançaram, pois a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) não apresentou uma nova proposta favorável à categoria. A Fenaban apresentou uma proposta de aumento de 4,5% sob o valor salarial, mas a decisão não foi aceita pelos bancários, que exigem um aumento de 30%.

A greve dos bancários continua e é por tempo indeterminado.

Fonte: Direto da Redação

| Versão para Impressão | Enviar por e-mail |
Últimas Notícias Últimas Notícias Listar Todas
22/12 - Jovem é executado a tiros na porta de casa
22/12 - Três morrem em acidente na BR 316
22/12 - Mãe atropela e mata filho dando ré no carro
22/12 - Saída temporária de Natal beneficia 219 detentos
22/12 - Doze mortes violentas no final de semana
22/12 - Motoqueiro morre ao se chocar de frente com carreta na BR 316
22/12 - Ônibus com destino ao MA colide e 2 morrem
22/12 - Jovem é ferida em tentativa de assalto
22/12 - Briga generalizada acaba na morte de menor
22/12 - Brasil conquista o penta no futebol feminino
Rádio Online
TV Online

Tv Ofértas Seu canal de compras (play Boy)
Publicidade
Resolução Mínima de 800x600 © Copyright 2007, Noca.com.br
Desenvolvido por Mundi Brasil