Topo
E-mail redacao@noca.com.br
Faça do NOCA sua home Página inicial
Data Domingo, 25 de fevereiro de 2018
Anuncie Anuncie
       
Topo
Mural
gostaria de mandar um abraço para minha irmã Ana Lucia, que mora no bairro castelo branco....
Maria Reis Sousa, Salvador - BA
BOM DIA LEA.Quero ouvir a musica TU LEVASTE MINHA VIDA com o Cantor TONY CARREIRO. Abraços FLAV...
FLAVIO VILANOVA O ADVOGADO, BRASILIA - DF
+ mais mensagens
 
Faça sua Busca!

Notícias Colunas
Pena

Câmara aprova aumento de pena para motorista alcoolizado que cometer homicídio

Aumentar Fonte   Diminuir Fonte
 
07/12/2017 09:33h

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou uma de três emendas do Senado ao Projeto de Lei 5568/13, da deputada Keiko Ota (PSB-SP), para aumentar a pena de homicídio culposo na direção de veículo automotor cometido por condutor sob efeito de álcool ou drogas. A matéria irá à sanção.

No texto da Câmara, aprovado em setembro de 2015, a pena atual de detenção de dois a quatro anos passaria para reclusão de quatro a oito anos. A emenda do Senado aprovada nesta quarta-feira passa a pena para cinco a oito anos de reclusão.

A penalidade administrativa atual de suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor continua valendo.

Embora a pena aumente, poderá ser possível ainda ao juiz determinar a comutação de pena privativa de liberdade (reclusão) por pena restritiva de direitos porque o Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40) permite para o caso de homicídio culposo, ainda que a condenação seja por mais de quatro anos.

Crime de racha

O texto aprovado mantém a referência ao crime de racha apenas no artigo 308 do Código de Trânsito, que trata especificamente do assunto e prevê pena de detenção de seis meses a três anos se da prática não resultar em morte ou lesão grave, cujas penas são maiores.

Além da definição de racha como disputa, corrida ou competição não autorizada, o projeto inclui no conceito a exibição ou demonstração de perícia no veículo automotor sem autorização.

Lesão corporal

Quando o condutor alcoolizado ou sob influência de substâncias que alterem sua capacidade psicomotora causar, com o veículo, lesão corporal grave ou gravíssima, a pena será de reclusão de dois a cinco anos.

O único agravante previsto atualmente no código é de aumento de um terço da pena para casos de homicídio culposo se o agente não possuir permissão ou habilitação; praticar o ato em faixa de pedestres ou na calçada; ou deixar de prestar socorro à vítima do acidente.

As novas regras entrarão em vigor após 120 dias da publicação da futura lei.

Emendas rejeitadas

O parecer do deputado Júlio Delgado (PSB-MG) rejeitou duas emendas do Senado. A principal delas acabava com o limite máximo de álcool a partir do qual o condutor flagrado pode ser condenado a pena de detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão da carteira ou proibição de obtê-la.

O código prevê a pena para aquele com concentração igual ou superior a 6 decigramas de álcool por litro de sangue ou igual ou superior a 0,3 miligrama de álcool por litro de ar nos pulmões; ou ainda com sinais que indiquem, em forma disciplinada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), alteração da capacidade psicomotora.

A justificativa do relator é que os órgãos responsáveis pelas operações da Lei Seca manifestaram-se pela ineficácia da medida porque provocaria um aumento expressivo de condução de motoristas à Justiça devido ao provável aumento da recusa de uso do bafômetro, desfalcando a equipe e permitindo a passagem de pessoas que possam estar mais alcoolizadas.

Fonte: Agência Câmara

| Versão para Impressão | Enviar por e-mail |
Últimas Notícias Últimas Notícias Listar Todas
23/02 - Polícia procura identificar corpo de homem encontrado no Centro
23/02 - Bolsa Família: beneficiários devem atualizar informações de alunos
23/02 - Secretaria do Trabalho de Caxias divulga vagas de emprego
23/02 - Quadrilha ataca carro-forte na BR-316, entre Caxias e Timon
23/02 - Diretor de Star Wars diz que roteiro do episódio IX já está pronto
23/02 - Clientes do Banco do Brasil poderão fazer transações pelo Facebook
23/02 - Whindersson Nunes choca seguidores com clique nu em jatinho
23/02 - Menina avisa pai por WhatsApp que tio tenta estuprá-la
22/02 - Missa de 7º dia da tabeliã Isaura Alencar acontece nesta sexta-feira
22/02 - Prefeitura dá assistência às famílias atingidas pelas chuvas no povoado Riachão
Rádio Online
TV Online

Tv Ofértas Seu canal de compras (play Boy)
Publicidade
Resolução Mínima de 800x600 © Copyright 2007, Noca.com.br
Desenvolvido por Mundi Brasil