Topo
E-mail redacao@noca.com.br
Faça do NOCA sua home Página inicial
Data Quarta-feira, 17 de janeiro de 2018
Anuncie Anuncie
       
Topo
Mural
gostaria de mandar um abraço para minha irmã Ana Lucia, que mora no bairro castelo branco....
Maria Reis Sousa, Salvador - BA
BOM DIA LEA.Quero ouvir a musica TU LEVASTE MINHA VIDA com o Cantor TONY CARREIRO. Abraços FLAV...
FLAVIO VILANOVA O ADVOGADO, BRASILIA - DF
+ mais mensagens
 
Faça sua Busca!

Notícias Colunas
Geral

Médica formada na UEMA Caxias é aprovada em 1ª lugar na residência em Clínica Médica do HUUFMA

Aumentar Fonte   Diminuir Fonte
 
12/01/2018 16:08h

Cursar medicina é uma iniciativa de muita dedicação e entrega aos estudos. As aulas são integrais e as matérias requerem envolvimento intenso. Após o aluno se formar no curso, como clínico geral, e obter seu registro de médico com o Conselho Regional de Medicina (CRM), se desejar se especializar precisa de uma pós-graduação, conhecida como residência médica. Como o interesse da grande maioria dos médicos é ser especialista em alguma modalidade médica, a concorrência para uma das vagas costuma ser acirrada.

O Curso de Medicina da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) funciona, atualmente, no Campus Caxias, sendo caracterizado pelo grande esforço dos estudantes em superar os desafios que cercam o curso, apesar de muitas melhorias já terem surgido do início aos dias de hoje.

Diante dessa realidade, a médica formada na UEMA, Camila Vidal Rocha, foi aprovada em 1º lugar no Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão - HUUFMA para Clínica Médica.

De acordo com Camila Vidal Rocha, a UEMA teve um papel muito importante para essa aprovação, através de uma jornada de estudos, experiências adquiridas no curso, estágios. Todas essas etapas contribuíram diretamente para o seu aprendizado.

"A residência em clínica médica sempre foi um sonho e graças a Deus pude realizá-lo, através de muito estudo e dedicação. Durante o curso, tive ótimos docentes, com aulas teóricas e práticas, em período integral. Além disso, outras atividades desenvolvidas, como as chamadas ligas acadêmicas, contribuíram como uma forma de complemento de aprendizado, feita na forma de apresentações de diversos temas da medicina pelos próprios alunos por orientação dos professores médicos", destacou Camila.

E concluiu, "estou muito feliz com minha aprovação e espero que isso possa servir de estímulo aos demais alunos, futuramente colegas, que estão nessa luta, pois a vitória é certa para aqueles que se dedicam".

Fonte: Ascom/ UEMA

| Versão para Impressão | Enviar por e-mail |
Últimas Notícias Últimas Notícias Listar Todas
16/01 - Como restringir o uso dos aparelhos eletrônicos entre as crianças?
16/01 - ''Dor'' e ''vergonha'', diz papa Francisco sobre abusos sexuais da Igreja no Chile
16/01 - Conselho do TSE discute prevenção de notícias falsas na campanha eleitoral
16/01 - Ao ser detido, acusado de estuprar menina diz que não admitia ser preso
16/01 - Justiça condena dono de bar por venda de bebidas a crianças e adolescentes
16/01 - Veja resultado do processo seletivo 2018 do Colégio Militar de Caxias
16/01 - PM flagra homem com simulacro de arma de fogo em bar no Campo de Belém
16/01 - Após denúncia, homem é detido com arma de fogo no Seriema
15/01 - Em Caxias, o Festejo de São Sebastião
15/01 - Inscrições para o ProUni começam dia 6 de fevereiro
Rádio Online
TV Online

Tv Ofértas Seu canal de compras (play Boy)
Publicidade
Resolução Mínima de 800x600 © Copyright 2007, Noca.com.br
Desenvolvido por Mundi Brasil