Topo
E-mail redacao@noca.com.br
Faça do NOCA sua home Página inicial
Data Domingo, 17 de fevereiro de 2019
Anuncie Anuncie
       
Topo
Mural
Gostaria de saber onde posso visualizar a lista dos convocados, concurso de Caxias Ma. Mesmo sabendo...
werbete lima, parauapebas pa - PA
BOM DIA! LÉA, quero ouvir a musica Miragem no Deserto com a Banda Noda de Cajú. Abraç...
FLAVIO VILANOVA ''O ADVOGADO", BRASILIA - DF
+ mais mensagens
 
Faça sua Busca!

Notícias Colunas
Pesquisa

Datafolha: Bolsonaro tem 58% dos votos válidos, e Haddad tem 42%

Aumentar Fonte   Diminuir Fonte
 
11/10/2018 07:19h

O Instituto Datafolha divulgou ontem (10) resultado de pesquisa de opinião que indica que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) tem 49% das intenções de voto e Fernando Haddad (PT) tem 36%. O número de eleitores indecisos ou que declaram votar em branco é de 8%. Seis por cento não souberam ou não quiseram responder. Considerando os votos válidos (sem nulos, brancos e indecisos), a vantagem de Jair Bolsonaro (58%) é de 16 pontos percentuais (42%).

Essa é a primeira pesquisa do Datafolha no 2º turno. O levantamento ouviu nesta quarta-feira 3.235 pessoas de 227 municípios. Como ocorria nas pesquisas do 1º turno, a margem de erro é de dois pontos, para mais ou para menos. A margem de confiança é de 95%.

A pesquisa foi contratada pela Rede Globo e pelo jornal Folha de S.Paulo, e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (BR-00214/2018), junto com detalhamento do questionário aplicado e com os locais de realização das entrevistas.

Apoio de presidenciáveis

Conforme o Datafolha, 63% dos eleitores decidiram o voto "pelo menos um mês antes" da eleição. Dez por cento dizem ter sido 15 dias antes; 8%, uma semana antes; 6%, na véspera e 12% no dia da eleição.

A pesquisa ainda levantou a opinião dos entrevistados sobre o destino do apoio dos demais presidenciáveis que disputaram o primeiro turno. No caso de Ciro Gomes (PDT), terceiro colocado no primeiro turno, 46% opinam que o apoio deveria ir para Fernando Haddad, e 40%, para Jair Bolsonaro.

No caso de Marina Silva (Rede), 43% apontam que o apoio deveria ir para Fernando Haddad, e 38%, para Jair Bolsonaro. No caso de Geraldo Alckmin (PSDB), 47% opinam que o apoio deveria recair para Jair Bolsonaro, e 37% para Fernando Haddad.

O Datafolha também verificou se o apoio dos presidenciáveis derrotados no primeiro turno poderia levar o entrevistado a escolher um dos dois candidatos. No caso de Ciro, 21% dos entrevistados admitiram votarem quem o candidato apoiasse. No caso de Marina, 11%; e no caso de Alckmin, 14%.

Fonte: Imirante.com, com informações da Agência Brasil

| Versão para Impressão | Enviar por e-mail |
Últimas Notícias Últimas Notícias Listar Todas
17/02 - Sem regra rígida para consignado, bancos mantém assédio a idosos
17/02 - Bolsonaro já assinou demissão de Bebianno, dizem interlocutores do governo
17/02 - Agência recomenda extinção de barragens a montante até 2021
17/02 - Horário de verão termina em 10 estados e no DF
15/02 - GOE desarticula ponto de venda de drogas no Antenor Viana
15/02 - Homem é detido suspeito de tentar cometer assalto no bairro Trezidela
15/02 - Ministro Edson Vidigal faz visita de cortesia ao presidente da Câmara de Caxias
15/02 - Palestra de sensibilidade para Conselho Comunitário pela Paz acontece hoje
15/02 - Polícia cumpre mandado de prisão contra envolvido em roubo de joias
15/02 - Brinquedo Assassino: reboot ganha trailer legendado
Rádio Online
TV Online

Tv Ofértas Seu canal de compras (play Boy)
Publicidade
Resolução Mínima de 800x600 © Copyright 2007, Noca.com.br
Desenvolvido por Mundi Brasil